Seguidores

sábado, 17 de setembro de 2011

Aprendi...

Que, 
sou livre porque vivo...
Amigos é uma necessidade ...
Viver é lutar...
O tempo cura...
A mágoa passa...
Decepção me ensina...
O tempo não volta...
O reflexo do ontem é o agora...
A dor me fortalece...
Só os amigos verdadeiros permanecem...
A beleza não está no que vejo, e sim no que sinto...

terça-feira, 2 de agosto de 2011

Pensamento do dia...

sexta-feira, 15 de julho de 2011

Folha

                é 
          no 
       outono
    em   que   caio
         com   toda  beleza  e    
          glamour.  A  briza  é  quem 
           me guia. Grande, ou  pequena 
                   sou     cheia     de     ramificações. 
                  Quando  o vento  me leva pra longe
                  caio  levemente  no  chão,  já   seca
                me    desfaço      com    o     tempo
               deixo  a  terra   fértil   para   um
                  dia     nascer      novamente
                   outra    parte   de  mim.
                       É   assim    o    meu 
                             siclo  de   vida, 
                                não  tenho
                                   escolha, 
                                  sou
                                       f
                                         o
                                             l
                                                  h
                                                      a



Recebi um carinho especial do blog: www.blogsensibilidades.blogspot.com
Um belo selo que vou colocar abaixo. Obrigado Vanessa Valença, pelo seu carinho e atenção ao blog Simplesmentejaja e a todos que acompanham as postagens.


Regras:

1- Você poderá postar o selinho no seu blog, para que todos que passarem por lá vejam o quanto seu blog é show.

2- Indicar 5 blogs que você acha que é um show.

3- Notificar aos blogs indicados.

Por mim indicaria todos, mas regras são regras,
só  poderei indicar cinco, por tanto Indico:

www.jaylsonbatysta.blogspot.com/




www.distractingpages.blogspot.com/


www.baudepoesia.blogspot.com/


www.mariodosquintanares.blogspot.com/


www.thebigdogtales.blogspot.com/


bjs/abraços!!!

quinta-feira, 30 de junho de 2011

William Shakespeare

Bem aqui vai um poema de um de meus autores preferidos, um dos mais fascinantes poemas já escrito por ele! Gosto muito desse texto, e penso que ele traz lições valiosas para cada um de nós!

Um Dia Você Aprende Que...
"Depois de um tempo, você aprende a diferença, a sutil diferença, entre dar a mão e acorrentar uma alma. Você aprende que amar não significa apoiar-se; que companhia nem sempre significa segurança. E começa aprender que beijos não são contratos; que presentes não são promessas. Começa a olhar as derrotas com cabeça erguida e os olhos adiante, com a graça de um adulto e não com a tristeza de uma criança. Aprende a construir todas as suas estradas no hoje, porque o terreno do amanhã é incerto demais para os planos e o futuro costuma desvanecer. Depois de um tempo, você aprende que o sol queima se ficar exposto por muito tempo. Aprende que não importa o quanto você se preocupe, algumas pessoas simplesmente não se preocupam... Aceita que não importa quão boa seja uma pessoa, ela o ferirá de vez em quando e você precisa perdoá-la. Aprende que pode aliviar dores emocionais. Descobre que leva anos para se construir confiança e apenas segundos para destruí-la; que você pode fazer coisas num instante das quais se arrependerá pelo resto da vida. Aprende que verdadeiras amizades continuam a crescer mesmo a longas distâncias; que o importante não é o que você tem na vida, mas quem você tem; e que bons amigos são uma família que pudemos escolher. Aprende que não temos que mudar os amigos se compreendemos que eles mudam; percebe que seu melhor amigo e você podem fazer qualquer coisa, ou nada, e terem bons momentos juntos. Descobre que as pessoas mais importantes na sua vida são tiradas de você muito depressa (por isso, devemos sempre dizer palavras doces às pessoas a quem amamos). Aprende que, apesar de as circunstâncias e as pessoas nos influenciarem, nós somos responsáveis por nós mesmos. Começa aprender que não deve comparar-se aos outros, mas ao melhor que pode ser. Descobre que leva muito tempo para se tornar a pessoa que quer, e que o tempo é curto. Aprende que não importa onde já chegou, e sim aonde está indo. Aprende que, ou você controla seus atos, ou eles o controlarão; que ser flexível não significa ser fraco ou não ter personalidade (pois não importa quão delicada e frágil seja a situação, sempre há dois lados). Aprende que heróis são pessoas que fizeram o que era necessário, enfrentando as conseqüências. Aprende que paciência requer muita prática. Vê que algumas vezes, a pessoa que você espera que o chute quando você cai é uma das poucas que o ajuda a levantar. Aprende que maturidade tem mais a ver com as experiências que teve e o que aprendeu delas do que com quantos anos você viveu. Aprende que há mais dos seus pais em você do que você supunha. Aprende que nunca se deve dizer a uma criança que sonhos são bobagens (poucas coisas são tão humilhantes, e seria uma tragédia se ela acreditasse). Aprende que quando está com raiva, tem-se o direito de estar com raiva, mas não o direito de ser cruel. Descobre que só porque alguém não o ama do jeito que você quer não significa que não o ame com tudo o que pode (pois existem pessoas que amam, mas simplesmente não sabem como demonstrar ou viver isso). Aprende que nem sempre é suficiente ser perdoado por alguém, às vezes tem de perdoar-se a si mesmo. Aprende que com a mesma severidade com que julga você será, em algum momento, condenado. Aprende que não importa em quantos pedaços seu coração foi partido, o mundo não pára a fim de que você o conserte. Aprende que o tempo não é algo que possa voltar atrás (portanto, plante seu jardim e decore sua alma, em vez de esperar que alguém lhe traga flores). E você aprende que realmente pode suportar, que realmente é forte e que pode ir muito mais além do que pensava poder. Descobre que realmente a vida tem valor e que você tem, valor diante da vida. (Nossas dúvidas são traidoras e nos fazem perder o bem que conquistaríamos não fosse o medo de tentar)".

(William Shakespeare)

quarta-feira, 15 de junho de 2011

Assim sou eu

                   ♥Na ciência eu                                   sou órgão vital, ♥                               
       ♥na criança sou  sinceridade    ♥     e pureza.  No irmão e amigo ♥
   ♥sou   fraternidade e harmonia. Na   mulher sou nobreza. O amor aqui♥
 ♥é sublime, inspiro poemas, poesias  e canções.  Aqui trago dor  quando♥ 
♥encontro decepção, trago carinho   quando não    estou sozinho.  Espaço♥
♥aqui tem de sobra . As vezes nos  espaços vazios  a ilusão ocupa o lugar.♥
 ♥intensa são sensações quando a paixão toma conta de mim por inteiro.♥ 
   ♥Trago aqui milhões de sentimentos, só aqui, todos eles intensamente♥ 
          ♥sentimentos bons e ruins, as  vezes organizados  outras vezes♥ 
               ♥desorganizados, mas sempre verdadeiros sentimentos,♥ 
                        ♥sou  bandidido, leve, livre, louco ladrão, sou♥ 
                               ♥alegre, as vezes triste, apaixonado,♥ 
                                        ♥teimoso e inconformado,♥ 
                                                  ♥assim sou eu♥ 
                                                       ♥coração♥
                                                               ♥

segunda-feira, 13 de junho de 2011

“A flor”

A flor
É singular
É peça única
Lirismo sedutor
Vontade de sonhar
É uma forma de se amar
Presente do amor materno
Declaração de amor eterno
Perfume que te deixa louca
De um colorido tão exótico
É doce que açoda a boca
Beijo umidecido, erótico
A flor é intenso desejo
É estrela que seduz
Vida, é sol, é luz
Intenso sobejo
Devaneio
Enleio
É cor
F
L
O
R
É calmaria
É céu limpo, azul
É noite, dia
É
P
O
E
S
I
A

domingo, 12 de junho de 2011

Amor

Venho como quem não quer nada;
Tomo conta de tudo quando menos se espera;
Domino feras que ninguém domina;
Queimo sem doer;
Esfrio mas não congelo;
Do escuro faço a luz;
Reacendo o que se apaga;
Com preto e branco crio todas as cores;
Sou imutável, indomável;
Sou verdadeiro e fiel;
Sou o Rei dos sentimentos;
Sou frio e calor ao mesmo tempo;
Comigo os momentos são intensos;
Sem mim nada se completa;
Às vezes platônico, trago dor;
Sou puro, simples sentimento amigo;
Sou e serei por toda vida;
Simplesmente 
AMOR!

sábado, 11 de junho de 2011

Sonho

O surdo responde minha pergunta 
Leio a carta do cego 
Ouço grito do mudo
O paraplégico corre atrás de mim
Agradeço o mendigo pelo dinheiro que me deu
Respondo o pedido de socorro da terra
Leio um livro vivo
Engulo letras que andam
Versos saltam por meus olhos
Respiro sentimentos
Expiro poesia
Bebo suco de rima
Durmo em cima de palavras vasias
O jornal lê noticias para mim
O livro declama a poesia 
O telefone toca fora do gancho
A porta abre sozinha
A janela se fecha quando eu saio
o ventilador se liga quando eu quero
O relógio me diz a hora e o que tenho que fazer agora
O calendário me diz todas as tarefas do dia
O carro se dirige pra mim
A casa anda pra onde eu vou
Meu Deus o que está acontecendo?
Não entendo, será que o tempo passou e não percebi?
De repente assustado acordo
E me flagro com um papel escrito com um poema
Era um sonho... 
...kkk...

Está escrito

Não sou profeta, mas o destino desse mundo já está escrito. Vivo entre a faca e a navalha,  sigo sem muito do que esperar desse mundo sem amor, hipócrita e desigual. Se algo mudou com certeza não foi pra melhor, acho difícil tal ato acontecer. O ar que antes era puro, hoje se mistura a fumaça da poluição, a mídia exibe fantasia e ao mesmo tempo jorra sangue, violência, violência e mais uma vez, violência... E nessa escrita cruel do destino procuramos um culpado. A culpa: sentimento tão dificil de reconhecer, querendo ou não está em cada um de nós! Uma coisa é certa: não sou o Criador do mundo, mas tenho culpa por ser a sua criação. Nós somos os únicos culpados pois fechamos os olhos para não ver a óbvia desgraça criada por nós mesmos. Deus criou o mundo e tudo que nele há, o ser humano criou o caos do mundo e a tendencia é piorar!

sábado, 4 de junho de 2011

Ser do mundo

Acho incrível como as pessoas tem o poder de não valerem o chão que pisam. Mas afinal ninguém presta não é mesmo? Nem você presta tanto assim, nem eu na verdade. Mas então, valendo alguma coisa ou não, temos que viver. Sermos felizes, amar quem ou o que for, e independente da forma de amor. Simplesmente amar. Aproveitar ao máximo o carinho que nos é dado, e sempre, mas sempre ofertar mais do que dar. Todos precisam de retorno, todos querem retorno. Aquela velha frase que diz: temos que dar sem querer nada em troca, só vale para o passado mesmo, o mundo é feito de interesses, bons ou ruins. E não me chame de egoísta por isso, sou realista e feliz até, quando preciso. Sou puro amor, puro viver. Aprende comigo que talvez você saia desse seu mundinho que você criou, o mundo é bruto, sujo, safado.  Mas lhe garanto, ser um pouco do mundo às vezes funciona e não é preciso ser sujo para estar nele.

sexta-feira, 3 de junho de 2011

Uma pequena homenagem

"Ela escrevia sem esperança de que suas idéias alterasse alguma coisa. Pode até não alterar em nada. Mas seus sentimentos em palavras me instigam a criar e expressar minhas idéias assim como ela fez perfeitamente... Na verdade ela não estava querendo alterar as coisas, ela apenas colocava para fora seu desabafo, é como se na poesia ela encontrasse uma válvula de escape, uma saída de emergência do mundo real para um mundo “imaginário” mais confortável. Clarice Lispector à Você concedo essa pequena homenagem!”


(Jailson Batista) 

terça-feira, 17 de maio de 2011

O tempo não voltará

"Tem muita gente perdida tentando se encontrar. Muitos livros aínda não foram lidos, talvez nunca serão. Existem muitos presentes que já foram entregues, mas muitos nunca foram abertos. Para que perder tempo com bobagens? Cada um tem o que merece, cada um carrega sua cruz. Não adianta chorar pelas decisões incertas, elas são o reflexo da nossa capacidade mental auto proclamada amadurecida e autônoma. O tempo não voltará..."

Anjo perdido

"És um anjo perdido na escuridão, mesmo com toda pureza que um anjo pode ter, etaz sendo perceguido pelas trevas e o pecado vem de encontro a tí, o mesmo pecado que o ser humano possui, o torna humano também e isso ocorre involuntariamente,  o medo te percegue constantemente, causando em tí dúvidas pertubadoras a todo momento. Teu coração já não é mais o memso a pureza também não. A fraqueza toma conta de tí, e tornasse vulnerável ao pecado. Tras no olhar o fardo da derrota em seu peito cicatrizes incuraveis ainda com a esperança de um dia sorrir. Tras com sigo erros do passado... Com sua inocencia roubada ainda sofre com a verdadeira realidade Anjo perdido, por que sofres tanto? Não sabe que a vida é cheia de surpresas? Um dia se ganha no outro se perde mas nunca se desiste de viver..."

Verdades

"Vejo além da sua alma, um espírito que clama por liberdade. 
Essa vontade insaciável de querer o impossível é nitidamente visível em ti. 
Sem razão age por impulso, mas ainda mantém contraditóriamente a sensatez cautelosa. 
Em tí enxergo além do óbvio, verdades cruéis que não gostarias que fossem verdades..."

sábado, 23 de abril de 2011

A vocês...


A vocês eu trato muito bem, sou simpático, educado, quase sensato, mas o que me dá mais prazer é ser ingrato, sem noção, sem juízo, expulso do paraíso, ovelha negra, rebelde que não se comove com nada nem com ninguém, ser cruel e refinado, que não merece ir pro céu, ser como um vilão de novela ou de um filme Holyudiano, mas belo e até mesmo culto e muito invejado, estranho, com tantos amigos e amado por todos... Aqui entre nós: o que me dar mais prazer é não poder ser imitado, e isso é bem melhor do que ser bonzinho... kkk

segunda-feira, 11 de abril de 2011

Me preocupa...

Me preocupa, quando você assume a postura de vítima do mundo, quando você não acredita na sua capacidade de resolver os problemas, quando você aceita as situações como insolúveis,   quando você pára de "lutar" e simplesmente reclama de tudo e de todos, quando você desiste de ser feliz e culpa outra pessoa pela sua infelicidade, quando você deixa de sorrir e assume que não há motivos para rir, quando o mundo está repleto de coisas maravilhosas e você não aproveita, quando se esquece até de mim.

segunda-feira, 14 de março de 2011

Sentimento



Agora que te encontrei estou feliz;
Descobri todas as portas do amor;
Sinto-me agora realizado;
Conquistou-me quando me tocou;
Agora não restam dúvidas;
O que sinto é amor...

(Jailson Batista)

domingo, 13 de março de 2011

Fechado para balanço

Na vida tudo tem seu tempo;
Tempo de crescer, de amadurecer...
De rever valores, idéias e crenças.
Tempo de se permitir, de chorar...
Tempo de sorrir de ser do mundo de ser sozinho.
Tempo das lágrimas e (dês)ilusões.

Agora é tempo de viver!

E não simplesmente viver por viver;
Chegou o tempo de perdoar, de si perdoar...
Tempo de experimentar, conhecer, descobrir, sorrir, abraçar, beijar...
Tempo de não ter vergonha, de querer bem, seja lá quem...
Tempo de estar em paz: comigo, com você, com o MUNDO.
O tempo é AGORA não deixo passar por passar!

(Jailson Batista)

Volte para si

Faça como eu...
Repense sua vida,
Sorria mais,
Ame mais,
Chore menos, sofra menos.

Faça como eu...
Se permita viver,
Escale montanhas,
Descubra o que há,
No topo escondido.

Faça como eu...
Tome por empréstimo os raios do sol,
Para iluminar seus caminhos,
Faça da lua sua confidente,
E ponha pra fora o que sente.

Faça como eu...
Voe como um pássaro,
Você é livre!
Explore o horizonte,
Sinta a brisa.

Faça como eu...
Se dê a chance,
E desate as armas,
Conheça o carinho,
Quebre o gelo entre nós.

Faça como eu...
Abra seu coração,
Sinta ser feliz,
Deixe o amor entrar novamente,
Se ame por completo.

E a assim como eu,
Voltará para si!...

(Jilson Batista)

terça-feira, 8 de março de 2011

Mulher

Mulheres, 
Milhares, 
Várias, 
Elas,
Entre elas, você: 
Que chora,
Que ri,
Que ama,
Que sofre,
Que possui,
Que necessita,
Que fala,
Que se cala,
Que manda,
Que obedece,
Que tem a pureza da alma feminina.

Só você sabe o que é ser mulher...

segunda-feira, 7 de março de 2011

Quero

Quero!
Como ontem, como hoje,
Como sempre, eternamente...

Quero!
Falando, sorrindo,
Beijando, sentindo...

Quero!
subindo, descendo,
voltando, gozando...

Quero!
Perto, longe,
Dentro, fora, sempre...

Quero!
Apenas um momento,
Terno e eterno...

Com você, 
Quero!

(Jailson Batista)

sábado, 5 de março de 2011

Sou humano

Não sou muito bom em falar de mim, se quer saber, mas por razão do que acontece, serei obrigado a abrir-me um pouco com você, desconhecido. Você que não reconhece minha voz, que não sabe como eu sou capaz de chorar ou de sorrir. Você que não tem idéia do que é sentir-se assim, como eu me sinto.

Prazer, eu sou humano...
Nada mais que isso, tenho minhas falhas, tenho meus erros, e cometo meus absurdos. Sem nem mencionar, o quão patético eu posso ser quando não consigo explicar o que eu sinto. Tal qual agora.

Eu sou humano...
Sou passível a falhas, tenho um coração e tenho minha mente. Acredito que tenho mais coração a que mente. Pois passo mais parte da minha vida sentindo as coisas, que programando situações.

Sou humano...
Mas há quem diga que eu tenho a mente de um pensador. Fico pensando, pensando, e daí então viriam meus problemas. Pelo excesso de pensamentos na minha vida.

Acho que, mesmo os que digam que sou apenas sentimento, bem como os que falam que sou pensamento, não têm a idéia do que eu realmente sou. Porque pra eles, o que basta é existir. Para mim, o que basta é ser o que eu sou.

Minha vida é viver a essência de ser apenas um ser humano!

Libidos

Você me provoca desejos proibidos...
Me faz sentir prazeres secretos...
Me deixa em êxtase...
Me faz aflorar o libido...
Desejos sem limites...
Com toda intensidade e carinho...
Com tremor no corpo e na voz...  
Você é meu desejo insaciável...
Sinto você dentro de mim... 
Seu poder de me abalar é certo...
Seu olhar penetrante me seduz...
Inresponsavelmente me entrego...
Meu corpo  ao teu corpo transformamsse em um... 
Você me excita e eu gosto...

(Jailson Batista)

sexta-feira, 4 de março de 2011

Beijo

Traduzo teus sentimentos
Inspiro sua poesia
Marco teus momentos
Aguço sua fantasia

Deslizo em teu corpo
Navego em teu suor
Marco o teu rosto
Sugo o que há de melhor

Entro em teu intimo
Minha intenção é desfrutar
Desnudo tua alma
Te faço delirar

Mostro sutileza
Brinco com sua insensatez
Descubro tua beleza
Meu beijo assim se fez...

(Jailson Batista)

domingo, 20 de fevereiro de 2011

Amor platônico

Me sinto bem quando te vejo 
Meu coração salta, aperta o peito
Fixo meus olhos nos seus
Mas vc nem nunca me olhou...

Meu pensamento voa nas asas da ilusão
Regresso e fico aprisionado,
Entre paredes de um mundo solitário e triste...

Meus olhos contemplam
Teu delicioso corpo
Teu gostoso sorriso
Teus cabelos soltos...

O teu cheiro suave chega, me provoca
Me excita e me acalma
Algumas vezes, em teus olhos
Percebo um lampejo de paixão

Em rápidos momentos

Sonho que sentes por mim o que sinto por tí
Mas acordo,
Quando palavras de carinho
Da tua boca não são pronunciadas
Vejo que aquele sentimento era por outra pessoa...

Meus olhos nos teus viajam e te pedem um beijo
Mas a porta do teu coração, pra mim está fechada
E você não percebe...

O teu sorriso é lindo
E quantas vezes pedi
Sem você ouvir
Que um só fosse pra mim
Mas nenhum me pertenceu...

A tua pele é suave,
Teu rosto gostoso de tocar com os lábios
Cada vez que beijo as tuas mãos
Peço para que elas me abracem,
Mas você não ouve e nem sente...
 
Nada adianta meu amor dedicado
Se não é correspondido,
Sempre é ignorado.

Amor platônico malvado!

(Jailson Btaista)